Budget e plano de negócios: pilares para o sucesso de um escritório de advocacia
07/10/2014
Por: Mauro Scheer Luís



Embora a elaboração do budget anual e do plano de negócios sejam práticas comuns nas médias e grandes empresas, ainda não é usual a realização desses dois instrumentos em escritórios de advocacia. De acordo com Mauro Scheer Luís, presidente da Legal Strategy Consultoria e Treinamento (empresa especializada em gestão legal), esse panorama, entretanto, tem mudado, uma vez que as sociedades de advogados têm entendido que, como qualquer empresa, planejamento é fundamental para atingir objetivos, metas e garantir o crescimento contínuo e sustentável.

“Bons planos de negócios devem ser objetivos e servem como roteiro em um percurso que levará a atingir metas”, explica Mauro. Qualquer negócio opera dentro dos limites de um setor específico, e o plano de negócios deve caracterizar as tendências gerais e forças que atuam nesse setor, bem como onde a organização se posiciona dentro dele.

“O plano de negócios tem como objetivo definir e delinear a estratégia de atuação do escritório no futuro e será um guia para a gestão estratégica”, afirma o executivo. Segundo Mauro Scheer, é essencial, para a sua elaboração, o estabelecimento de objetivos de curto, médio e longo prazo e, mais do que isso, a decisão sobre os caminhos que serão percorridos para atingir as metas propostas. Há muito planos de negócios elaborados de forma incorreta, porque se limitam a estabelecer objetivos, quando o mais importante, sem dúvida, é estabelecer os caminhos que serão percorridos. Esse é o verdadeiro “segredo” dos planos de negócios bem sucedidos.

Outro fator fundamental a definir no plano de negócios é que tipo de especialidades e empresas se quer prestar serviços jurídicos e como chegar até estes clientes. Identificar como prestar um serviço mais eficaz, de maneira que o cliente tenha ganhos e, principalmente, quais os diferenciais competitivos em relação à concorrência. “Essas vantagens competitivas devem ser utilizadas em todas as oportunidades, seja em palestras, sites, newsletter, entre outros. Mas, é claro que devem ser verificados também os pontos fracos dos serviços jurídicos prestados, para poder planejar seu fortalecimento”, acrescenta Scheer.

Utilizar ferramentas de marketing para promover o crescimento sustentável do negócio é outro ponto importante, tais como: desenvolver parcerias, participar de associações e entidades de classe, promover eventos e ministrar palestras, publicar artigos, utilizar as mídias sociais, entre outras formas de despertar o interesse pelos serviços do escritório e atrair clientes.

Há ainda os investimentos, que deverão estar detalhados no budget anual, tais como: ampliação do número de pessoas, novas tecnologias, ações, produção de material para participação em eventos, associações, alianças, entre outros.

“Enfim, para se chegar a um nível de excelência, é importante que toda a área estratégica do escritório participe das reuniões e decisões sobre o plano de negócios, mas é essencial também ouvir e levar em consideração os profissionais da área operacional, afinal de contas, eles é que “colocarão a mão na massa”. Um plano de negócios bem estruturado garantirá o crescimento sustentável e a perpetuidade de um escritório que pretende ter um futuro de sucesso”, finaliza o especialista.

Sobre a Legal Strategy
A Legal Strategy Consultoria e Treinamento (www.legalstrategy.com.br), que pertence ao Grupo Smax, foi criada há 14 anos. A empresa conta com sede em São Paulo, possui consultores altamente qualificados e oferece diversos serviços de consultoria e treinamento voltados especificamente para escritórios de advogados e departamentos jurídicos de empresas. Os serviços da Legal Strategy se dividem, basicamente, em três áreas: planejamento estratégico e gestão administrativa e financeira; gestão de pessoas e marketing e relacionamentos.